Propaganda

Últimas Notícias

Especialistas defendem o uso da dexametasona contra a covid-19



A comunidade científica se animou nesta terça-feira (16) com o anúncio de um medicamento, que pode ajudar a reduzir a mortalidade da Covid-19. A dexametasona Na visão da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), os resultados do estudo de Oxford credenciam o medicamento para que passe a ser prontamente aplicado em pacientes com o coronavírus no Brasil.

Em informe publicado ainda nesta terça, a associação demonstrou otimismo com o anúncio, classificando-o como uma ?boa nova?. Isso porque a dexametasona é o único tratamento farmacológico a demonstrar resultados práticos em relação à mortalidade em um experimento clínico com metodologia rígida.

Como conclusão prática, a SBI passou a recomendar que todos os pacientes em situação de internação, seja com ventilação mecânica em UTIs, ou que necessitem apenas de oxigênio em leitos de enfermagem devem receber a dexametasona uma vez ao dia por via oral ou endovenosa. O comunicado também ressalta o fato de que ele é universalmente acessível e barato.

Vale notar também que a dexametasona não é um antiviral e não age na prevenção contra o coronavírus. Ela age na resposta imunológica do corpo ao vírus, que pode causar inflamação e complicações em pacientes que já apresentam quadros mais graves da doença. Portanto, ele só deve ser usado em situação de internação.

Fonte: Olhadigital.

Brejo Notícias.

Nenhum comentário