Propaganda

Últimas Notícias

Moda Center inaugura Centro Operacional com investimento de R$ 700 mil


O Moda Center Santa Cruz tem agora um Centro Operacional que recebeu um investimento de R$ 700 mil, para vai reunir diversos serviços do equipamento em um só lugar. O novo prédio conta com 420 metros quadrados (m²) e fica situado na parte de trás do setor branco, entre o centro atacadista e o Calçadão Miguel Arraes. Agora, os departamentos e serviços operacionais oferecidos pelo empreendimento aos condôminos e aos clientes e que funcionavam em lojas situadas em setores distintos dentro do parque estarão centralizados.

O novo prédio é dividido em dois pavimentos, além de uma infraestrutura para captação de água de chuva para reaproveitamento nas descargas dos banheiros no centro atacadista. As obras do Centro Operacional foram iniciadas em janeiro e paralisadas por quase 60 dias por conta da pandemia provocada pelo novo coronavírus, sendo retomadas após a liberação dos trabalhos de construção civil por parte do Governo de Pernambuco.

O Centro Operacional concentra agora os serviços de Posto Ambulatorial, o Expresso da Moda (emissão de notas fiscais avulsas pela Secretaria da Fazenda de Pernambuco), o Serviço de Atendimento ao Condômino (SAC) – onde é possível apanhar boletos, solicitar a autorização para reformas -, a Sala de Monitoramento, a Farmácia (locada), a Gerência de Segurança e de Logística do parque, Arquivo, entre outras atividades

Segundo o síndico do Moda Center, José Gomes Filho, o espaço vai trazer mais comodidade e praticidade para os condôminos e quem frequenta o local. “A construção do centro deixa os espaços em um só lugar, tornando mais fácil o acesso de qualquer pessoa que precisar, tudo em um só local. A gente otimiza tempo e comodidade para as pessoas. Foi construído justamente para melhorar todo esse serviço que a gente presta”, disse.

Os recursos para construção do espaço são oriundos do leilão de 11 lojas que pertenciam ao Moda Center, realizado em novembro do ano passado. No leilão, foram arrecadados R$ 5,3 milhões destinados para investimentos na estrutura do centro atacadista. Do valor total do leilão, os recursos foram direcionados para readequação dos quadros de energia elétrica do parque, datados da época da inauguração, ampliação da subestação de energia, manutenção do telhado, novos equipamentos para monitoramento e segurança do parque, entre outros serviços.

Fonte: Folha de Pernambuco 

Nenhum comentário