Propaganda

Últimas Notícias

Comércio venderá menos no Natal Segundo levantamento

Comércio no Recife - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco


Com a pandemia da Covid-19 as compras de Natal deste ano devem ficar um pouco mais tímidas em comparação ao ano anterior. Segundo levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), pouco mais da metade (54%) dos consumidores devem presentear seus entes queridos neste fim de ano, com um ticket médio de R$ 109. No ano de 2019 a intenção de compra era de 77%, mas com o agravante da pandemia e a alta no desemprego, o índice caiu 22 pontos percentuais agora em 2020.

Ainda assim, a entidade estima que 86 milhões de pessoas devem ir às compras, trazendo uma movimentação de R$ 38,8 bilhões no setor de comércio e serviços, frente a R$ 60 bilhões em 2019. “O clima de insegurança diante da pandemia ainda é uma realidade mundial. A alta do desemprego e o fim do auxílio emergencial nos próximos meses contribuem para esse cenário. Ainda assim, a data continua sendo a principal época de compras dos brasileiros e trará uma importante movimentação para o setor, que conta com as vendas do Natal para a retomada econômica”, afirma Costa.

Em Pernambuco, o cenário não é diferente do esperado no restante do Brasil. Segundo o diretor executivo da CDL-Recife, Fred Leal, o Natal é uma época de muitas compras, mas o comércio ainda está retornando aos poucos.  “Um dos fatores que mais impulsionam as vendas são os encontros, festas, jantares e aglomerações. Porém isso não deve acontecer neste ano então a capacidade de comprar do consumidor deve ser menor”, lembra Leal.

Fonte: Folha de Pernambuco

Nenhum comentário