Propaganda

Últimas Notícias

Seis cidades de Pernambuco podem ter segundo turno nas Eleições de 2020

Foto: Heloise Hamada/G1

Nas Eleições 2020, seis cidades de Pernambuco poderão decidir seus prefeitos no segundo turno, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em 2016, eram quatro: Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana, e Caruaru, no Agreste. As novatas são Paulista, no Grande Recife, e Petrolina, no Sertão.

No Brasil, 95 cidades possuem mais de 200 mil eleitores aptos a votar, que é o critério para ter segundo turno. A única capital do país que não atingiu a marca de 200 mil eleitores e que, por isso, não poderá ter segundo turno é Palmas (TO).

Nas cidades que possuem menos de 200 mil eleitores aptos a votar, o critério para escolher os prefeitos é a maioria numérica. Quem tiver mais votos válidos, ganha, independente da soma ser próxima ou distante dos números alcançados pelos concorrentes.

Segunda chance

De acordo com o cientista político Vítor Diniz, o segundo turno simboliza uma nova eleição. "É uma ferramenta muito importante no sistema eleitoral brasileiro porque dá oportunidade do eleitor ter mais tempo de analisar cada candidato e a disputa fica mais clara. Há uma concentração em apenas dois candidatos e o eleitor tem a chance de entender melhor o programa e as propostas de cada um", afirmou.

Para Diniz, o segundo turno garante mais legitimidade, principalmente em cidades com maior número de eleitores. "Imagine se, em uma cidade grande como Recife, um candidato fosse eleito com 25% ou 30% dos votos? Seria muito complicado", disse. "Com o segundo turno, isso não acontece. O vencedor vai ganhar com mais de 50% dos votos", completou.

Fonte: G1 Pernambuco

Nenhum comentário