Header Ads Widget

Novo projeto pode prorrogar auxílio emergencial; entenda

Com o encerramento do estado de calamidade no dia 31 de dezembro, decretado por conta da crise provocada pela pandemia da covid-19, serão reduzidos os recursos disponíveis para financiar políticas de assistência social, como o auxílio emergencial. No entanto, o senador Weverton (PDT-MA) apresentou um novo projeto para que o estado de calamidade seja válido até 30 de junho.


Com isso, programas como o auxílio emergencial também poderiam ser prorrogados. De acordo com o senador, a situação pode se agravar e as circunstâncias “ameaçam se verticalizar ainda mais no decorrer de 2021, considerando, inclusive, a probabilidade de novas ondas de infecções por covid-19, com acentuado impacto na saúde pública e, em última análise, no cenário econômico do país”.


Como justificativa do projeto, Weverton disse que as medidas de isolamento são importantes para diminuir o contágio da doença e controlar a covid-19, mas que elas podem piorar a situação econômica.


De acordo com ele, o estado de calamidade poderia ajudar o estado a trazer mais investimentos para poder auxiliar empresas e pessoas em situação mais vulnerável.


*Com informações da TV Jornal e Agência Senado


Fonte: NE10 Interior

Postar um comentário

0 Comentários