Últimas

6/recent/ticker-posts

O que muda para quem quer comprar ou tem um carro Ford?

A Ford anunciou nesta segunda-feira, 11, que irá encerrar a produção dos modelos Ford Ka e Ford Ecosport no país. A montadora irá fechar suas três fábricas no país. Mas o que muda de fato para quem está pensando em comprar um dos dois modelos ou já tem um dos carros com o anúncio?


É consenso entre os especialistas que se pode esperar uma maior desvalorização dos dois modelos em relação a outros similares fabricados no país por duas razões: incentivos fornecidos pela própria montadora com o objetivo de esgotar o estoque dos modelos, que sairão de linha, e a percepção da marca pelo consumidor após o encerramento da produção.


Como os modelos Ka e Ecosport não serão mais produzidos, há um interesse da marca em esgotar os estoques de unidades 0 km disponíveis por meio de bônus ou outros incentivos para que a rede venda estes carros mais rapidamente, explica a KBB, empresa especializada em pesquisa de preços de veículos novos e usados. Isso deve provocar desvalorização nos preços, pois o consumidor precisará de uma motivação maior para adquirir um carro que acabou de ser tirado de linha.


Este efeito também deve gerar queda nos preços dos seminovos e usados, já que as opções 0 km estarão mais atraentes, conclui a KBB.


Vão faltar peças?

Quanto a isso, também há consenso de que o consumidor não precisa se preocupar. Isso porque a lei garante que, ao encerrar a produção de veículos no país, a montadora forneça peças de reposição por 10 anos. Depois disso, o mercado paralelo deve continuar a disponibilizar peças para os modelos.


Ou seja, na prática, para quem é proprietário de um dos modelos descontinuados, a situação tem pouco ou quase nenhum impacto, uma vez que a Ford mantém a sua operação no Brasil e os carros já estão estabelecidos no mercado. Ou seja, manutenção e pós-venda tendem a permanecer inabalados, explica a KBB.


Fonte: Exame.com

Postar um comentário

0 Comentários