Últimas

6/recent/ticker-posts

Cuidado: Novo golpe duplica WhatsApp e pede dinheiro para contatos


Um novo golpe foi identificado pela Polícia Civil em vários estados brasileiros. O WhatsApp de alguns usuários está sendo duplicado, mas não clonado. O mesmo nome e foto é usada, mas o contato é trocado. Os golpistas procuram contatos de pessoas próximas e inventam alguma história para justificar a troca de número e pedem depósitos em dinheiro. 

Além do já conhecido golpe de clonar o WhatsApp, uma nova ação está sendo aplicada por golpistas no Brasil. Agora, o usuário não tem nenhuma interferência em sua conta e, por vezes, nem sabe o que está acontecendo. Isso porque não há nenhum aviso de que alguém está se passando por você. Apenas alguns contatos recebem uma mensagem, sempre contando alguma história diferente para justificar o número diferente. Vamos detalhar como isso acontece e como se proteger.

O WhatsApp é um dos métodos preferidos dos brasileiros de trocar informação atualmente. É difícil encontrar uma pessoa que não tenha acesso a uma conta no mensageiro. Por esse motivo, o aplicativo é amplamente usado para passar golpes. O mais comum era contatar o próprio usuário e conseguir o código de segurança, tirando o acesso do smartphone da vítima e ficando com os contatos. Assim o usuário sabia que estava sendo invadido e podia avisar seus contatos. Agora, com a nova ação isso não acontece e deixa muitas pessoas vulneráveis. 

Novo golpe

A operação é mais simples que a maioria dos golpes. A pessoa má intencionada comete o crime de estelionato, que é quando se passa por uma pessoa diferente da que é. Primeiro a conta da pessoa é identificada e duplicada. Tudo é copiado, menos o número.

Um outro número cria a conta no WhatsApp. O mesmo nome é usado e também a foto de perfil. Com esse esquema feito, a conta começa a chamar contatos próximos à vítima solicitando depósitos. Geralmente informações reais são dadas para validar ainda mais o golpe.

Um outro número cria a conta no WhatsApp. O mesmo nome é usado e também a foto de perfil. Com esse esquema feito, a conta começa a chamar contatos próximos à vítima solicitando depósitos. Geralmente informações reais são dadas para validar ainda mais o golpe.

Fonte: Portal Mundo Conectado

Postar um comentário

0 Comentários