Header Ads Widget

Últimas

6/recent/ticker-posts

Renovação do auxílio emergencial depende da vacinação; diz Guedes

Imagem: Mateus Bonomi/AGIF/Estadão Conteúdo

A renovação do auxílio emergencial 2021 vai depender vacinação no país, pelo menos é o que diz o ministro da Economia, Paulo Guedes. Segundo ele, será observada a pandemia de Covid-19, e o Plano Nacional de Imunização (PNI). A expectativa do governo é não precisar ter de realizar uma nova rodada do auxílio emergencial 2021.

Enquanto isso, os parlamentares pressionam o governo a renovar o auxílio emergencial. A medida é ajudar a população brasileira mais carente a continuar enfrentando a pandemia.

Os deputados e senadores estão preocupados com a 2ª onda da pandemia e o quanto ela avançará. Principalmente com as variantes que estão surgindo. Uma evolução descontrolada da doença poderá causar novas medidas de restrições em todo o país, contribuindo para a queda na economia.

Para Guedes o auxílio emergencial poderá ser renovado, porém, dependerá de alguns fatores, como o número de mortes e contágio por Covid. E a uma possível paralisação, ou efeito falho da vacinação.

O ministro afirmou que o governo acredita que o PNI continuará avançando e que não seja necessário fazer uma prorrogação do auxílio. O cenário previsto é que 60% de toda a população brasileira esteja vacinada nos próximos meses.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil

Da redação do Blog Brejo Notícias

*Com informações do portal Jornal Contábil 

Postar um comentário

0 Comentários