Header Ads Widget

Homem é preso após se passar por policial federal para procurar por Lázaro

(Divulgação/Secretaria de Segurança Pública de Goiás)

Na noite do sábado (19), um homem de 23 anos foi preso após se passar por policial federal para participar das buscas por Lázaro Barbosa, o "serial killer de Brasília". Ele foi preso em Cocalzinho, Goiás, por por uma equipe conjunta formada pela Polícia Militar de Goiás, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal. 


Segundo a polícia, o homem abordou equipes na rodovia, dizendo que precisava se juntar a sua equipe que estava mais à frente. Cerca de 40 minutos depois, o suspeito retornou abordando as equipes e disse que precisava de apoio para desarmar um sujeito bêbado em uma propriedade rural.


Quando a equipe voltou para o ponto de apoio da Operação Lázaro, os policiais militares foram informados pela Polícia Rodoviária Federal que o homem não era policial. Ele foi preso em flagrante e levado para a delegacia. A Polícia vai investigar o caso. 


Lázaro foi preso? 

Já fazem 12 dias que Lázaro Barbosa, o "serial killer de Brasília", está fugindo da polícia no Distrito Federal. O homem já causou a morte de quatro pessoas da mesma família, realizou sequestros, invasões a propriedades rurais, roubou carros e tem assustado a população do DF e de Goiás.


 Mais de 300 homens da polícia do DF e de Goiás, helicópteros, cães farejadores e até homens da Força Nacional estão à caça de Lázaro, que é o homem mais procurado no Brasil. Em uma entrevista dada no sábado (19), o secretário de Segurança Pública de Goiás (GO), Rodney Miranda, disse que esperava que até o fim do dia Lázaro Barbosa seja capturado. No entanto o homem continua a solta.


*Com informações do portal Metrópole 

Fonte: NE10 Interior

Postar um comentário

0 Comentários