Últimas

6/recent/ticker-posts

PRF inicia nesta quarta-feira (02) a Operação Corpus Christi em Pernambuco

Foto: PRF/Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia nesta quarta-feira (02) a Operação Corpus Christi 2021 nas rodovias federais que cortam Pernambuco. As ações planejadas pelo órgão seguem até domingo (06), buscando reforçar a fiscalização e o policiamento, de modo a preservar a segurança pública e viária.


O Corpus Christi é um evento baseado em tradições católicas realizado na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade que, por sua vez, acontece no domingo seguinte ao de Pentecostes. É um feriado cristão marcado por celebrações religiosas e caracterizado por uma maior movimentação de veículos nas rodovias federais, principalmente nas BRs 232 e 101.


De modo a reduzir a violência no trânsito, a PRF irá direcionar a fiscalização para horários e locais de maior registro de acidentes graves nas rodovias federais, que resultaram em feridos ou mortes. A não utilização do cinto de segurança, da cadeirinha e do capacete, as ultrapassagens indevidas, a mistura de bebida e direção, além do uso irregular de motocicletas estarão no foco das abordagens.


O motorista também deve ficar atento às mudanças no Código de Trânsito Brasileiro, que passaram a valer desde o dia 12 de abril deste ano. O transporte de crianças em motocicletas, por exemplo, só poderá ser realizado a partir dos 10 anos de idade.


As atividades de combate ao crime irão contar com o apoio do Núcleo de Comando de Operações Especiais e dos Grupos de Motociclistas, Patrulhamento Tático e Operações com Cães da PRF. As ações visam coibir assaltos, receptação de veículo roubado, porte ilegal de arma, uso de documento falso e tráfico de drogas.


Dicas de segurança


Descanse bem antes de iniciar a viagem;


Planeje o percurso antes de sair de casa;


Confira a documentação pessoal e do veículo;


Confie a direção a um motorista experiente;


Verifique se a revisão do veículo está em dia;


Dirija com atenção e responsabilidade;


Em caso de emergência, ligue 191.


Fonte: Central de Jornalismo Liberdade

Postar um comentário

0 Comentários