Últimas

6/recent/ticker-posts

Jovens queimam madeira em quarto para tentar aquecer o ambiente e morrem intoxicados em MG

Foto: Byline Reprodução/Facebook/Prefeitura de Ouro Fino

Dois adolescentes de 15 e 17 anos morreram intoxicados na noite da última sexta-feira (30) após eles e outros dois rapazes de 21 e 19 anos queimarem pedaços de madeiras em um tambor dentro de um quarto, no bairro Residencial Gargatá, em Ouro Fino, no Sul de Minas. Eles teriam feito isso para tentar aquecer o ambiente por conta do frio intenso.


Segundo informações da Polícia Militar, Luiz Gustavo Theodoro Silva, 17, Eduardo Theodoro Silva, 19 e Fabrício Theodoro Silva , 21 são irmãos e o vizinho Daniel Bernardes da Silva, 15, havia ido até a casa deles para passar a noite.


De acordo com o boletim de ocorrência, testemunhas disseram que os pais das vítimas haviam sentido a falta deles, já que não respondiam mensagens nem atendiam ligações. O pai e a mãe dos três irmãos, que são caseiros em um sítio, não estavam em casa. Os dois contaram que costumam passar a semana no sítio, trabalhando, de segunda a sexta-feira e só retornam no fim de semana para casa.  Preocupado com a falta de resposta, o pai deles resolveu ir até a casa para ver se algo havia ocorrido.


No local, o homem encontrou um sinal de fumaça saindo da residência assim como os três filhos e o amigo deles desacordados. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Polícia Militar foram acionados. No local, a equipe do Samu já constatou os óbitos de Luiz Gustavo e Daniel. As outras duas vítimas, os irmãos Eduardo e Fabrício ainda tinham sinais vitais e foram encaminhados para receber atendimento médico em um hospital de Pouso Alegre.


A perícia da Polícia Civil esteve no local e os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML). A área chegou a ser isolada e as investigações sobre o caso vão ficar por conta da 9ª Delegacia de Polícia de Ouro Fino.


Da redação do Blog Brejo Notícias

*Com informações do Portal O Tempo

Postar um comentário

0 Comentários