Últimas

6/recent/ticker-posts

Bebê de 1 ano e 10 meses é resgatada após ser queimada com bituca de cigarro pelo padrasto

Foto: Divulgação

Uma bebê de apenas 1 ano e 10 meses foi acolhida pelo Conselho Tutelar de Santa Maria Sul, com marcas de queimaduras e hematomas pelo corpo após denúncia de maus-tratos.


Segundo o conselheiro tutelar Mário Brito, responsável pelo caso, a instituição recebeu a denúncia do Serviço Social do Hospital Regional de Santa Maria (HRSM), na última segunda-feira (20/9), após a criança dar entrada no hospital para atendimento médico.


“Encontramos a menina cheia de hematomas. Com diversas feridas e marcas de queimadura e espancamento pelo corpo. Os olhos estavam em sangue vivo. Ela reclamava de muitas dores pelo corpo”, relatou o conselheiro ao Metrópoles.


Ainda segundo Mário, após o órgão assumir o caso e iniciar as investigações, o padrasto da criança, de 24 anos, e a mãe, de 17, foram apontados como os principais suspeitos pelas agressões.


“Realizamos diligências na residência da família e a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi acionada para conduzir o homem à 20ª Delegacia (Gama), ainda na segunda-feira. Na DP, eles relataram que as marcas da criança eram de picadas de formigas, além de uma queda recente que a bebê havia levado”, contou o conselheiro.


De acordo com informações do conselheiro, a família da criança é natural do Estado do Pará (PA) e mudou-se para a capital da República, há três meses. O Conselho Tutelar ainda não acompanhava a família.


 Na redação do Blog Brejo Notícias

*Com informações do Portal Metrópoles

Postar um comentário

0 Comentários