Últimas

6/recent/ticker-posts

Bebê sobrevive após nascer com 4 meses e 4 dias de gestação e quebra recorde

Foto: Reprodução/ Site de Curiosidades

Você provavelmente sabe que o ser humano possui uma gestação de 9 meses, certo? Mas será que você saberia responder rapidamente quanto tempo isso significa em dias? Provavelmente não, a menos que você já tenha acompanhado uma gravidez. Mas, resumindo o assunto, uma gestação humana leva 280 dias em média. Ao longo deste período, o bebê se desenvolve e se torna pronto para sobreviver fora do útero da mãe, momento em que o corpo começa a induzir o parto.


Por muitos motivos que nem sempre são controláveis, existem casos em que um bebê precisa nascer antes de completar os devidos 280 dias (9 meses). Nesses casos, os bebês são chamados de prematuros, já que nascem antes do “amadurecimento” completo. Bebês prematuros geralmente demandam uma série de cuidados especiais porque, justamente, ainda não estavam prontos para sobreviver no mundo exterior ao útero.


A ciência já avançou bastante, o que tornou a medicina capaz de oferecer assistência na maioria desses casos. A taxa de sobrevivência para bebês prematuros subiu muito nas últimas décadas, para citar um exemplo mais concreto. No entanto, nem sempre é possível salvar o bebê. Em casos de bebês muito prematuros, é comum a literatura médica se referir a eles como “inviáveis” – uma referência ao fato de que, mesmo com todos os esforços, o bebê apenas não estava integralmente formado.


Ainda assim, mesmo nesses casos, a ciência tem avançado e causado grandes surpresas. Um caso de gêmeos prematuros tem causado grande espanto. Curtis and C’Asya nasceram com apenas 134 dias, o que significa dizer que nasceram com 4 meses e 4 dias de gestação. Diante disso, os médicos não estavam confiantes e até alertaram os pais das crianças sobre tratamentos humanizados, que amenizassem a dor dos bebês, mas que os permitissem partir sem sofrimento.


Tragicamente, C’Asya faleceu com apenas um dia de vida. A bebê não conseguiu suportar a abrupta mudança de ambiente e faleceu. Curtis, por outro lado, foi surpreendendo os médicos dia após dia. Através de muito tratamento, muito cuidado e carinho da equipe médica e da família, o bebê foi se desenvolvendo e hoje tem quatro meses de vida.


Para se ter ideia do quão incrível é a história, Curtis nasceu pesando apenas 420 gramas. Seu corpo cabia em duas mãos abertas. Demorou 275 dias – quase o mesmo tempo que uma gravidez de termo – antes de Curtis estar pronto para receber alta. Levá-lo para casa depois de tanto tempo no hospital foi “um momento que sempre lembrarei”, disse a mãe, Butler, à NPR. Embora ele ainda precise de um tubo de alimentação e oxigênio suplementar, seus médicos dizem que ele está bem de saúde.


Curtis bateu o detentor do recorde anterior, Richard Hutchinson de Wisconsin, por apenas um dia – em uma idade gestacional tão jovem, no entanto, isso é uma grande diferença. Antes de Hutchinson, relata o Guinness, o recorde permaneceu ininterrupto por 34 anos. O caso de Curtis tem sido encarado como um grande avanço e também um caso a ser estudado. Os médicos acreditam que Curtis terá um prognóstico tranquilo e sem sequelas daqui para frente.


Da redação do Blog Brejo Notícias

*Com informações do Site de Curiosidades

Postar um comentário

0 Comentários