Últimas

6/recent/ticker-posts

Governo de Pernambuco divulga calendário do IPVA para 2022

Foto: Ed Machado/FolhaPE

O Governo de Pernambuco divulgou o calendário de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para 2022. As datas foram publicadas no Diário Oficial do Estado nesta quinta-feira (30). 


A administração estadual definiu que os motoristas que fizerem o pagamento em cota única, no mês de fevereiro, terão desconto de 7%. Para aqueles que optarem pelo parcelamento em até três cotas, a primeira parcela também deverá ser quitada em fevereiro e nos meses subsequentes. As datas de vencimento variam de acordo com o número final da placa dos veículos.


Os carnês do IPVA serão enviados pelo Detran a partir de janeiro ou poderão ser acessados no site do órgão.


Final 1 e 2

Para veículos com placas que terminam com os números 1 e 2, o limite de pagamento da cota única é até 9 de fevereiro de 2022. Para quem desejar parcelar, a 1ª cota fica também no dia 9, com 2ª e 3ª parcelas para os dias 9 de março e 7 de abril, respectivamente. 


Final 3 e 4

Para veículos com placas de final 3 e 4, o pagamento da cota única deverá ser feito no dia 15 de fevereiro. Parcelado, a 1ª cota também fica no dia 15 de fevereiro; a 2ª no dia 15 de março e a 3ª no dia 13 de abril.


Final 5 e 6

Os motoristas com veículos de placa final 5 e 6 poderão realizar o pagamento em cota única no dia 18 de fevereiro. Parcelado, a 1ª cota deverá ser paga no mesmo dia; a 2ª cota ficará para 18 de março e 3ª em 20 de abril.


Final 7 e 8

Já para os veículos com placa final 7 e 8, o prazo de pagamento em cota única é 22 de fevereiro de 2022. Parcelado, 1ª cota também fica para o dia 22, com 2ª e 3ª cota para os dias 23 de março e 26 de abril, respectivamente. 


Final 9 e 0

O pagamento da cota única, para os veículos com placa final 9 e 0, deverá ser feito no dia 24 de fevereiro. Parcelado, a 1ª cota também fica para o dia (24); a 2º cota para o dia 30 de março e a 3ª para o dia 29 de abril.


*Com informações da Central de Jornalismo Liberdade

Postar um comentário

0 Comentários