Holanda anuncia lockdown no Natal e Ano-Novo para conter avanço da Ômicron

Foto: AP Photo/Peter Dejong

A Holanda terá novo lockdown a partir de domingo (19) e durante as festas de Natal e Ano Novo. A medida tenta impedir a evolução da quinta onda da Covid-19 e a forte progressão da variante ômicron, segundo o anúncio do primeiro-ministro holandês Mark Rutte neste sábado (18).


"Estou aqui esta noite com um humor sombrio. Para resumir em uma frase, a Holanda vai voltar ao lockdown a partir de amanhã", disse o chefe do governo holandês, Mark Rutte, durante uma entrevista coletiva televisionada.


"Isso é inevitável com a quinta onda e com a ômicron se espalhando ainda mais rápido do que temíamos. Devemos intervir agora por precaução", continuou o primeiro-ministro holandês.

Todas as lojas, restaurantes, bares, cinemas, museus e teatros não essenciais devem, portanto, fechar as portas de domingo a 14 de janeiro, enquanto as escolas devem manter suas portas fechadas até pelo menos 9 de janeiro, disse Rutte.


Ao mesmo tempo, o número de convidados que as pessoas podem receber em suas casas é reduzido de quatro para dois, exceto no dia de Natal, 25 de dezembro.


O chefe de gestão da epidemia do governo holandês, Jaap van Dissel, disse durante a mesma coletiva de imprensa que a ômicron ultrapassará a variante Delta para se tornar dominante na Holanda até ao fim do ano.


Medidas contra a Covid-19

Uma das principais formas de contaminação pelo novo coronavírus é a transmissão aérea. Por isso, algumas medidas são necessárias para evitar o risco de inalar pequenas partículas que estão no ar.


As autoridades de saúde recomendam:

Tomar as duas doses da vacina contra a Covid-19 (e, quando possível, a dose de reforço)

Usar máscaras de qualidade e bem ajustadas ao rosto (como as do modelo PFF2/N95)

Evitar lugares fechados ou pouco ventilados

Fazer o distanciamento social


Da redação do Blog Brejo Notícias

*Com informações do G1 Mundo 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem