Novidades

6/recent/ticker-posts

Após novas medidas de segurança sanitária, Olinda Beer adia edição de 2022

Foto: Paulo Uchôa/LeiaJáImagens/Arquivo

No final da tarde desta terça-feira (11), a equipe do Olinda Beer informou que a edição deste ano teve que ser adiada. Em uma publicação nas redes sociais, a organização informou que ficou difícil de realizar a prévia carnavelesca deste ano, após o Governo de Pernambuco divulgar novas normas de combate à Covid-19 e dos casos acelerados de H3N2.


"De acordo com o novo decreto do Governo do Estado de Pernambuco, a realização do festival Olinda se tornou inviável. Lamentamos a decisão, mas a cumpriremos. Os valores dos ingressos serão válidos para a nova data que será divulgada em breve", diz o comunicado.


Sucesso há mais de 20 anos, o Olinda Beer batia recorde de público em suas edições. Em novembro do ano passado, os organizadores da festa divulgaram Ivete Sangalo como a primeira atração deste ano. Estavam confirmados para o mês que vem, na área externa do Centro de Convenções, nomes como Claudia Leitte, Thiaguinho, Bell Marques, Priscilla Sena, Léo Santana, Os Barões da Pisadinha e Wesley Safadão. Os ingressos estavam sendo vendidos a partir de R$ 80.


Uma das exigências estabelecidas pelo Estado, que fez o Olinda Beer recuar temporariamente da festa, foi o número máximo de frequentadores nos eventos: 50% a capacidade de espaços ou três mil pessoas em locais abertos e de mil pessoas, em locais fechados. Além da exigência de comprovação de duas doses da vacina para os eventos, será preciso, a partir da próxima sexta-feira (14), apresentar um teste negativo para Covid-19. O passaporte vacinal terá que ser mostrado para acesso aos serviços de alimentação, cinemas, teatros e museus.


Fonte: Portal Leiaja

Postar um comentário

0 Comentários