Últimas

6/recent/ticker-posts

Dois golpes do WhatsApp que podem roubar até mesmo seus dados bancários; veja dicas para nao cair

Foto: Reprodução/ Pixabay

Os cibercriminosos agora estão explorando a capacidade de enviar links externos funcionais no WhatsApp para atrair as vítimas a fornecer seus dados pessoais e até mesmo dados bancários. Um novo golpe do WhatsApp chamado “Rediroff.com” ou “Rediroff.ru” veio à tona para enganar as vítimas enviando um link na plataforma de propriedade da Meta.


De acordo com um relatório da CNBC, os golpistas enviam um link para os usuários do WhatsApp, alegando que os usuários podem ganhar uma recompensa preenchendo uma pesquisa simples. Depois que um usuário responde às perguntas, ele é redirecionado a um site onde é solicitado o preenchimento de informações confidenciais, como nome, idade, endereço, informações bancárias e outros dados pessoais.


O site coleta informações confidenciais de usuários, como endereço IP, nome do dispositivo e outros detalhes pessoais, como nome, idade, endereço, etc. Esses detalhes podem ser usados ​​indevidamente para fazer transações fraudulentas ou outras atividades ilegais.


Outro golpe que está atualmente ativo no WhatsApp envolve as vítimas recebendo mensagens de cibercriminosos dizendo “desculpe, não reconheci você” ou “posso saber quem é”. O golpista inicia uma conversa com eles e até oferece elogios para fazer os usuários se sentirem melhor e ganhar sua confiança – após o que o golpista os manipula para revelar seus detalhes pessoais. Esses detalhes podem ser usados ​​posteriormente pelos malfeitores de várias maneiras.


Se você tem recebido mensagens de texto semelhantes recentemente, aqui estão algumas dicas para evitar ser enganado no WhatsApp.


Ignorância é uma benção. Literalmente! Se você não conseguir verificar a origem da mensagem recebida, evite clicar no link, por mais tentador que pareça. Bloqueie ou denuncie o número de onde você recebeu a mensagem.


Instalar uma solução de segurança móvel (antivírus para smartphones) também pode ser um bom investimento, pois evita ameaças mesmo quando você está instalando software de terceiros, navegando na Internet ou baixando um arquivo.


Algumas dessas mensagens até usam gramática ruim e formação de frases inadequadas, o que é claramente uma bandeira vermelha. No entanto, nem sempre será o caso, pois os golpistas podem se disfarçar de funcionários de grandes empresas.


Finalmente, relate e bloqueie. Lembre-se de que é melhor informar e bloquear esses números em vez de clicar no link, mesmo por curiosidade.


*Com informações do Portal Escola Educação

Postar um comentário

0 Comentários