Novidades

6/recent/ticker-posts

Pastor é preso acusado de estuprar sobrinha adolescente, em Novo Gama

Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Um pastor de 59 anos foi preso na quinta-feira (6) suspeito de estuprar a sobrinha, de 13 anos, em Novo Gama, no Entorno do Distrito Federal. Segundo a polícia, ele usava o vínculo familiar, a autoridade religiosa e aproveitava quando a adolescente ficava sozinha em casa para cometer os crimes.


A delegada Lídia Castro contou que os crimes começaram no início de 2021. “Inicialmente, a vítima ficou com medo de falar sobre o crime, mas depois contou para a avó, com quem mora, e a avó denunciou para a polícia”, contou.


O nome do suspeito não foi divulgado. Com isso, o G1 não conseguiu localizar a defesa do suspeito até a última atualização dessa reportagem.


Devido ao respeito pelo fato do suspeito ser pastor, a maioria dos familiares defendeu o homem, tentando evitar que ele fosse denunciado e preso. “Ele andava com alguns rapazes da família como se fossem seguranças, inclusive quando prestou depoimento”, contou a delegada.


Após a investigação, a polícia pediu à Justiça a prisão temporária do suspeito, que tinha o prazo de 30 dias. Depois desse período, ele acabou sendo solto antes que a Justiça decretasse a prisão preventiva dele, sem prazo para terminar.


Após deixar a cadeia, ele acabou fugindo da cidade. Enquanto era procurado pela polícia, o pastor chegou a ameaçar e intimidar a vítima e a avó, mandando recado por outras pessoas ou passando de carro na porta da casa, conforme contou a polícia.


O pastor foi localizado no Gama, cidade do Distrito Federal. O homem foi preso pelos policiais goianos. “Ele não confessa nem nega. Ele é debochado”, disse a delegada.


O suspeito foi indiciado por estupro de vulnerável e coação. Agora, ele será transferido para Novo Gama, onde deve ficar preso.


Fonte: G1 Goiás

Postar um comentário

0 Comentários