Tratada como iguaria de luxo, jaca é vendida por mais de R$ 1.000, na Europa

Foto: Reprodução/Maragoginews

A partir de R$ 5. Esse é o preço comum de venda da jaca nos mercados e mercantis brasileiros. Mas, e na Europa, por qual razão esse valor é infinitamente mais alto? De acordo com um jornalista da BBC, a jaca é comercializada por mais de mil reais em Londres, no Reino Unido. As informações são do Portal R7.


Ricardo Senra postou em seu twiiter – cujo conteúdo já foi compartilhado mais de 100 mil vezes – uma jaca vendida por 160 libras ou R$ 1.120, segundo a cotação atual, em uma barraca do Borough Market, um dos mercados mais famosos de Londres, a capital do Reino Unido.


Vários fatores podem influenciar esse valor astronômico da fruta que chocou os internautas. De modo geral, a razão mais básica para isso é porque segue a fórmula padrão de varejo de custo total combinado com disponibilidade, ou seja, lei da oferta e procura em um determinado local.


É muito difícil encontrar uma jaca em um supermercado padrão norte-americano ou europeu. Isso ocorre porque a maioria dos supermercados vende apenas as frutas e legumes mais populares e mais buscados.


Além disso, esta é a maior fruta do planeta, e itens grandes tendem a custar muito dinheiro por padrão. Em contraste a tudo isso, aponta-se que a jaca é um mercado de nicho, ou seja, possui um público específico. Até recentemente, essas frutas eram realmente populares apenas nas comunidades da América Latina, Sudeste Asiático, Índia e Caribe.


As pessoas que emigraram desses países e se estabeleceram em outros lugares fizeram questão de importar alguns de seus alimentos favoritos. Estes, por sua vez, atraíram o interesse de outras comunidades próximas, mas a jaca ainda é um gosto adquirido, especialmente por causa do cheiro que exala.


OUTROS FATORES

Além das questões destacadas acima, custa muito dinheiro transportar produtos ao redor do mundo. Como há um custo alto para transportar essas frutas de áreas tropicais para locais distantes, os preços refletem o custo de mão de obra e combustível, bem como a própria qualidade da fruta.


Acrescente a isso o fato de que a jaca estraga em poucos dias, portanto seu transporte deve ser feito o mais rápido possível. No caso das frutas enlatadas, há ainda o acréscimo pela produção em escala desses produtos. Jacas têm peles grossas e carne interna pegajosa, com efeito, as frutas devem ser processadas à mão para obter os pedaços comestíveis.


Desse modo, os trabalhadores qualificados são necessários e eles precisam ser pagos pelo seu tempo. Além disso, há também o custo de operar uma instalação de processamento segura e higiênica.


Todos esses fatores se refletem no preço da jaca natural ou enlatada. Por isso, atualmente é possível encontrar jaca de mais de mil reais no mercado internacional. Mesmo diante do alto preço, a fruta, que pesa em média cinco quilos, teve crescimento de demanda na Europa.


Ela tem uma polpa amarela cerosa quando madura e é consumida fresca ou usada para fazer bolos, sucos, sorvetes e batatas fritas. Quando não madura, é usada na culinária em receitas fritas, cozidas e refogadas. Além disso, a jaca desfiada tornou-se uma alternativa popular à carne de porco desfiada e é até usada como cobertura de pizza.


Diário do Nordeste

Fonte: Portal Maragoginews

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem