Chuva forte volta a alagar Petrópolis e deixa a população em alerta

(foto: Redes Sociais/Reprodução)

A cidade de Petrópolis, no Rio de Janeiro, está novamente debaixo d'água. De acordo com a Defesa Civil, na tarde deste domingo (20/3), choveu 118 milímetros em menos de uma hora, quase a metade do que choveu durante todo o mês de fevereiro. Duas sirenes foram acionadas em áreas de risco. Geralmente, as sirenes tocam quando o volume de água ultrapassa 40mm.


A recomendação, até o momento, é de que a população procure abrigo em locais seguros. Foram disponibilizados pela prefeitura 19 pontos de apoio.


A chuva forte, que segue neste momento, alaga ruas, arrasta carros, invade casas e provoca alerta na população. A Rua do Imperador, no Centro de Petrópolis, e a Rua Teresa, onde está a principal área de comércio da cidade, foram completamente inundadas. 

 

O tráfego na Rua Coronel Veiga, no trecho entre as Duas Pontes e Ponte Fontes, foi bloqueado em função de inundação por conta da forte chuva. Lixo e objetos podiam ser vistos ao longo da enxurrada.


Uma pessoa se agarrou na grade e contou com a ajuda de outras três, que conseguiram retirá-la.


Segundo a Defesa Civil, a recomendação é de que a população não tente atravessar as áreas alagadas e busque um local seguro. O órgão orienta que a população siga as recomendações de segurança. Todo o efetivo está empenhado para o atendimento de possíveis ocorrências.


Em fevereiro, 233 pessoas morreram na região após um forte temporal. Quatro ainda estão desaparecidas.


Em caso de emergência, o socorro pode ser acionado pelo 199 (Defesa Civil) e 193 (Corpo de Bombeiros).


Redes

Nas redes sociais, moradores registraram enchentes, que já causavam estragos. Carros tentaram sair de ruas inundadas e a Defesa civil já bloqueia algumas áreas de tráfego. 


Fonte: Estado de Minas

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem