Header Ads Widget

Últimas

6/recent/ticker-posts

Médica fica com buraco no rosto após um implante de silicone na bochecha dar errado

Crédito (Reprodução)

Em uma situação chocante, a médica Gina ficou com um buraco no rosto após um implante de silicone na bochecha dar errado.


Um colega se ofereceu para ajudar, sugerindo que ela experimentasse preenchimentos cosméticos, como detalhado pelo site britânico The Sun.


Mas, quatro anos depois de terminar o trabalho, Gina notou uma reação horrível. A neurologista descobriu um granuloma gigante - uma área de inflamação - próximo o olho direito.


Em uma análise, descobriu-se que, em vez de injetar uma substância adequada para preenchimentos, Gina acabou injetando silicone - deixando-a com um enorme crescimento, que acabou como um buraco na bochecha.


O médico especialista Terry Dubrow explicou: “Quando você tem um granuloma, que é uma ação inflamatória de corpo estranho, normalmente acontece dentro de quatro meses a um ano”.


Médica fica com buraco no rosto após implante de silicone na bochecha dar errado

No caso da médica, a situação aconteceu de forma mais lenta. A FDA diz que, quando injetado em áreas com muitos vasos sanguíneos, o silicone pode viajar através desses vasos para outras partes do corpo e bloquear os vasos sanguíneos nos pulmões, coração ou cérebro.


Gina diz que só teve o problema em um lado do rosto, mas acrescentou que nenhum silicone foi encontrado em sua bochecha esquerda.


Antes de visitar um médico especialista reconhecido, Gina disse que passou por cinco cirurgias para tentar corrigir o problema, todas sem resultados.


Depois de ser operada com o Dr. Nassif pela segunda vez, elevando seu total de cirurgias para sete, ela agora está feliz com os resultados.


Ainda de acordo com as informações, Gina disse que seus níveis de energia aumentaram e seu humor também melhorou.


Ela acrescentou: “Minha queda de cabelo parou e, na verdade, meu cabelo está começando a crescer novamente”.


Com informações do site britânico The Sun.

Fonte: Metro

Postar um comentário

0 Comentários