PIS pode ser habilitado na carteira de trabalho digital; veja como consultar


O abono salarial PIS/Pasep já começou a ser distribuído aos trabalhadores de direito. Eles podem acessar os valores que vão receber pelo aplicativo Carteira de Trabalho Digital.


Todavia, caso entre na plataforma e apareça a seguinte mensagem, “não habilitado”, veja o que fazer nessa situação.


Quem recebe o PIS/Pasep

Antes de qualquer coisa, o trabalhador deve se certificar de que está apto a receber o PIS/Pasep. Para isso, ele precisa:


Estar inscrito no PIS/Pasep há, pelo menos, cinco anos;

Ter trabalhado por, no mínimo, 30 dias para uma empresa privada ou como servidor público no ano-base;

Ter recebido uma remuneração mensal de até dois salários mínimos;

Estar com os dados atualizados pelo empregar na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Caso seja verificado que se enquadra nos critérios citados acima, é possível que a empresa não tenha informado os dados do trabalhador ao RAIS, o que acaba impedindo o recebimento do abono. O documento deveria ser enviado até o dia 31 de agosto de 2021.


Como habilitar o PIS na carteira digital?

Criada em 2019, a Carteira de Trabalho Digital é uma versão do documento físico, porém com mais possibilidades de serviços e consultas. O trabalhador pode acessa-la usando somente o CPF.


Para verificar o recebimento do benefício pelo aplicativo, basta clicar na aba “Benefícios”, na página inicial, e depois em “Abono Salarial”. Dessa forma, o trabalhador consegue ver se ganha ou não o PIS, bem como o valor e a previsão de pagamento.


Como saber se a empresa depositou os dados do PIS

O trabalhador ainda consegue verificar se o empregador enviou os seus dados corretamente ao RAIS pelo site oficial. Na plataforma, basta inserir o número do NIS (Número de Identificação Social) e consultar a situação relacionada ao PIS.


Após o preenchimento dos dados, o sistema mostrará as informações buscadas. Para receber o benefício é preciso que a “situação” esteja com status “entregue” e a “Data de Entrega” tenha sido feita até o dia 30 de agosto de 2021.


Fonte: Portal Notícias Concursos

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem