WhatsApp oficial bane contas de usuários do WhatsApp GB; Fique atento

(foto: Pixabay)

O aplicativo de mensagens WhatsApp baniu na noite dessa segunda-feira (21) as contas de usuários do aplicativo paralelo, WhatsApp GB. A versão é um modelo não oficial que oferece funções além da versão original, algumas não permitidas, tais como:


Deixar o ícone do aplicativo transparente

Retirar o “online”

Enviar arquivos de áudio de até 100MB

Ver status excluídos e mensagens apagadas

Para quem tem mais de um número de telefone no mesmo celular, é possível cadastrar todos para usar simultaneamente

Agendar o envio de uma mensagem

Permite fazer o download do status diretamente no celular


O aplicativo acabou entrando nos Trend Topics do Twitter por excluir números associados à versão GB. 


Como recuperar a conta?

Na grande maioria dos casos, o bloqueio é temporário, com duração de 24 horas. Basta


o usuário esperar o cronômetro zerar. O WhatsApp não conseguiu banir todas as contas, então algumas pessoas ainda têm a chance de usar o aplicativo oficial, seguindo estes passos: 


No WhatsApp GB, vá em  Mais opções > Conversas > Backup de conversas e inicie a transferência;

Logo após, no seu celular, abra  Configurações > Armazenamento > Arquivos;

Procure pela pasta do WhatsApp GB, pressione e segure para selecioná-la;

No canto superior direito, toque em Mais > Renomear e renomeie a pasta para "WhatsApp";

Baixe o app oficial do WhatsApp;

Verifique seu número de telefone;

Deve surgir uma tela que informará sobre um backup encontrado. Toque em Restaurar > Próximo;

O WhatsApp informou em nota que este banimento inicial funciona como um aviso prévio. Em breve, a Meta pode acabar realizando uma ação oficial. 

O que é e como funciona o WhatsApp GB

O WhatsApp GB funciona através de um arquivo APK, que deve ser instalado manualmente, pois como não é oficial, não é ofertado em lojas de aplicativos Android nem iOs.


Assim que o usuário escolhe baixar a versão paralela, ele já está correndo risco de perder sua conta original, pois os termos de serviço são totalmente violados.


Além do risco de perder o acesso ao WhatsApp original, o download do arquivo APK pode vir com vírus bem fortes, capazes de desconfigurar todo o aparelho móvel do usuário.


A privacidade das contas também não poderá mais ser garantida, tendo em vista que qualquer um poderá acessar e vazar os dados contidos nas contas do WhatsApp GB. 


Em nota, o WhatsApp esclareceu que o aplicativo só possui duas versões oficiais: WhatsApp Messenger (para uso pessoal ) e WhatsApp Business (para negócios e empreendimentos).


Qualquer versão além dessas não são oficiais. Elas foram desenvolvidas por terceiros e, por isso, violam todas as regras e Termos de Serviço do aplicativo. 


*Estagiária sob supervisão de Álvaro Duarte


Fonte: Estado de Minas Tecnologia

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem