Petrobras anuncia nova redução nos preços da gasolina a partir desta sexta-feira

Foto: Domínio Público/PxHere

Petrobras anuncia nova redução nos preços da gasolina

A Petrobras anunciou nesta quinta-feira, 28, nova redução nos preços da gasolina. A partir desta sexta, o valor médio de venda do combustível para as distribuidoras passa de R$ 3,86 para R$ 3,71 por litro, em redução de R$ 0,15 por litro.

Considerando a mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro para a composição da gasolina comercializada nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor vai passar de R$ 2,81, em média, para R$ 2,70 a cada litro vendido na bomba.

Leia tambémhttps://www.brejonoticias.com.br/2022/07/preco-do-litro-de-gasolina-em.html

“Essa redução acompanha a evolução dos preços de referência, que se estabilizaram em patamar inferior para a gasolina, e é coerente com a prática de preços da Petrobras, que busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado global, mas sem o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das cotações internacionais e da taxa de câmbio”, justificou a empresa, em nota.

No último dia 19 de julho, a Petrobras já havia anunciado uma redução do preço da gasolina vendida às distribuidoras, com valor do litro passando de R$ 4,06 para R$ 3,86. Foi a primeira queda do combustível desde dezembro do ano passado.

Ao anunciar as duas reduções, a Petrobras cede às pressões políticas dos últimos meses e dá sinais de uma mudança de direção na política de combustíveis, com afinidade com o governo federal. Em 28 de junho, Caio Mário Paes de Andrade assumiu a presidência da empresa, justamente com a missão de sintonizar os interesses da estatal com os do Poder Executivo, além de aprimorar a comunicação com a sociedade.

Política de preços

O Conselho de Administração da Petrobras aprovou, durante reunião realizada na última quarta-feira 27, uma nova diretriz para a formação de preços dos combustíveis comercializados no mercado interno.

A diretriz reafirma que cabe à Diretoria Executiva da Petrobras a execução das políticas de preço, que devem “preservar e priorizar o resultado econômico da Companhia, buscando maximizar sua geração de valor”.

A conduta acrescenta uma camada de supervisão da execução das políticas de preço. O documento orienta a Diretoria Executiva a enviar relatórios trimestrais ao Conselho de Administração e ao Conselho Fiscal sobre a evolução dos preços dos combustíveis praticados no mercado nacional, formalizando assim uma prática já existente.

Fonte: Revista Oeste

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem