Header Ads Widget

Últimas notícias

6/recent/ticker-posts

Homem é preso acusado de enganar e casar com 15 mulheres em um intervalo de oito anos

Foto: Reprodução/Pixabay 

Um homem de Bengalore, no estado de Karnataka, na Índia, identificado como Mahesh K. B. Nayak, de 35 anos, foi preso pela polícia da cidade de Mysore, na mesma região, no último sábado (8/7), acusado de cometer fraude matrimonial. Segundo o site indiano First Post, o homem teria enganado e casado com 15 mulheres num intervalo de oito anos.

O suspeito foi capturado depois que a mulher com quem se casou no início deste ano o denunciou às autoridades de Karnataka. A queixa foi apresentada pela esposa após Mahesh começar a pressioná-la pedindo dinheiro para abrir uma clínica, informa o site indiano.

No entanto, quando a mulher se recusou a financiar o suposto empreendimento, o homem teria fugido com joias e dinheiro de sua 15ª vítima.

Após ser acionada, a polícia de Mysore formou uma equipe de buscas e acabou localizando o suspeito no distrito de Tumakuru.

Segundo o First Post, fontes disseram que das 15 mulheres que se casaram com Mahesh Nayak, quatro têm filhos com ele. Uma dessas vítimas decidiu sair do anonimato, o acusou de traição e prestou depoimento às autoridades.

O indiano usou sites de busca de parceiros para atrair as mulheres para sua armadilha. A maioria das vítimas tem bem grau de instrução e é financeiramente independente – não precisavam do dinheiro de Mahesh.

Para ganhar a confiança das mulheres, de acordo com o site indiano, o acusado costumava criar perfis falsos se passando por médico ou engenheiro nessas plataformas matrimoniais.

Uma falha nos planos de Mahesh era sua incapacidade de falar inglês de forma adequada. Esse fato teria feito com que várias possíveis vítimas, o rejeitassem. Elas identificaram a deficiência do idioma como um sinal de alerta.

Com medo de serem discriminadas e temendo constrangimento da sociedade, muitas mulheres que se casaram com o indiano optaram por não registrar queixas. Curiosamente, Mahesh Nayak raramente se encontrou com elas pessoalmente.

(Fonte: Metrópoles)

Postar um comentário

0 Comentários