Header Ads Widget

Últimas notícias

6/recent/ticker-posts

Idoso de 70 anos é preso por matar esposa e dissolver corpo em soda cáustica

Foto: Ilustrativa

Um idoso de 70 anos foi preso em flagrante nessa quinta-feira (25) em Campo Belo, na Centro-Oeste. Ele é suspeito de feminicídio, ocultação de cadáver e fraude processual. A prisão foi realizada pela Polícia Civil de Minas Gerais.

A vítima, de 53 anos, era esposa do suspeito. O idoso procurou a polícia para registrar o desaparecimento da mulher. Ele alegou que a viu pela última vez no domingo (21 de janeiro) e que a mulher saiu de casa levando o celular dela e também o dele. 

A partir desse registro, a equipe da Polícia Civil foi até a residência do idoso e verificou que o local estava abandonado e com manchas de sangue espalhadas pela casa. Diante dos indícios de crime, foi acionada a perícia para comparecimento no local, confirmando a incidência de fato criminoso.

Ainda na noite dessa quinta, investigadores convidaram o suspeito para comparecer à Delegacia de Polícia, onde ele confessou o crime e contou onde teria ocultado o corpo da esposa.

Imediatamente, equipes policiais se deslocaram ao local informado, onde encontraram, em um lote vago, nos fundos de um galpão no bairro Vale do Sol, o corpo da vítima. Como estava em uma cova de difícil acesso, com mais de um metro de profundidade, foi necessário acionar o Corpo de Bombeiros para auxiliar nos trabalhos.

Conforme os bombeiros, o resgate do corpo esquartejado ocorreu já na madrugada desta sexta-feira (26 de janeiro). O local em que o corpo estava era de difícil acesso, em terreno íngreme e úmido, dificultando a remoção.  

Confissão

Já na presença dos advogados, o idoso deu detalhes do crime. No domingo, após uma discussão, o homem teria atingido a cabeça da mulher com diversas marteladas. Ao constatar a morte da esposa, o investigado teria esquartejado o corpo dela com uma faca, colocado os pedaços em um tambor de plástico e jogado soda cáustica para dissolvê-lo.

Depois, ele ainda cavou um buraco em um terreno baldio, colocou o corpo em três sacolas de lixo e jogou os sacos na cova, cobrindo-a com terra em seguida. O idoso contou, ainda, que lavou a casa para eliminar vestígios do crime.

Fonte: G5 News

Postar um comentário

0 Comentários