Header Ads Widget

Últimas notícias

6/recent/ticker-posts

Mulher de 58 anos é atacada por onça-parda no Sertão de Pernambuco

Foto: Arquivo Pessoal (via g1)

Uma agricultora, de 58 anos de idade, foi atacada por uma onça-parda, no Sertão pernambucano. O encontro com o animal silvestre aconteceu enquanto a mulher trabalhava numa roça de capim, na comunidade Riacho do Mundé, localizada na zona rural do município de Carnaubeira da Penha. A mulher foi socorrida por familiares para o Hospital Coronel Álvaro Ferraz, na cidade de Floresta, e precisou ser transferida para o Hospital Professor Agamenon Magalhães, em Serra Talhada, onde foram realizados curativos e administrado o soro antirrábico. A vítima, Maria Inez Freire Barros de Sá, deu entrada na unidade de saúde com arranhões e uma mordida na perna esquerda. Ela já recebeu alta.

De acordo com seu filho, no momento do ataque, a mulher estava sozinha. Ele foi ajudar a mãe após escutar gritos e a encontrou com muito sangue pelo corpo. Rastros do animal foram encontrados pela vegetação do local. Após o caso, moradores da região relataram a frequência de aparecimento da onça-parda, inclusive vários animais – como bois, vacas e bodes – estão sendo mortos pelo felino.

De acordo com Jóice Brito, analista em Gestão Ambiental da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), interações da onça-parda com humanos não é comum.

A CPRH orienta ainda que, para evitar incidentes, os produtores rurais da região devem deixar os animais de criação e domésticos em local resguardado e próximo a área de boa iluminação no período noturno. A mesma orientação serve para as áreas com circulação de pessoas. Além de evitar aproximação com esses felinos.

Fonte: CBN Recife

Postar um comentário

0 Comentários