Header Ads Widget

Últimas notícias

6/recent/ticker-posts

Pai e filha morrem de dengue no mesmo dia com 18 minutos de diferença, em Joinville

Foto: Arquivo pessoal

Pai e filha que estavam hospitalizados por complicações causadas pela dengue morreram com apenas 18 minutos de diferença em Joinville, cidade mais populosa de Santa Catarina e que sofre com uma epidemia da doença. O estado decretou emergência epidemiológica em 22 de fevereiro.

Os aposentados Francisco Jatczak, de 95 anos, e a filha Teresinha Jatczak, de 67, estavam internados em hospitais diferentes e morreram às 20h30 e 20h48 de segunda-feira (26), respectivamente, conforme declarações de óbito das quais o g1 teve acesso, nesta quinta (29).

Conforme os documentos, assinados por médicos, Francisco morreu em decorrência da dengue, assim como a filha Teresinha. Ela, no entanto, também teve outras condições associadas à morte, como insuficiência cardíaca, taquicardia ventricular e pneumonia bacteriana.

A neta do idoso, Tatiane Dorneles de Paula Karpinski, que também é sobrinha de Teresinha, disse que os dois moravam juntos e começaram com sintomas cerca de 15 dias antes da morte. Eles sentiram dor no corpo, febre e cansaço extremo.

A tia foi para a unidade hospitalar da Unimed em 15 de fevereiro. Já o avô foi levado ao Hospital Regional Hans Dieter Schmidt, da rede pública, dois dias depois.

Segundo a prefeitura de Joinville, que monitora as mortes pela doença, sendo o município com mais casos de dengue registrados no estado (veja mais abaixo), a investigação epidemiológica sobre as causas das mortes não tinha sido concluída até as 9h35 desta quinta-feira.

Fonte: G1 Santa Catarina

Postar um comentário

0 Comentários